quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Malangatana: A tristeza da partida.

4 comentários:

Eu, Meu Contrário e Minha Alma disse...

Não sei porque e de que morreu
que sei eu?
Talvez de tristeza...
como posso ter a certeza?

(rima triste, esta a do Rogério...)

Meg disse...

Acho que estamos a perdê-los todos... os Homens Bons!

Um abraço

Isa GT disse...

Dizemos, muitas vezes, que é a única coisa justa porque é para todos... mas, por vezes, penso como a morte é injusta... tanta gente boa que parte e, por aí, tanta ruindade... que dura e dura... e que não faz cá falta nenhuma.

Bjos

donatien alphonse françois disse...

A morte é injusta, mas um homem grande nunca morre...