demissão

demissão

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Tu gitana: uma cançao de Zeca Afonso pelo grupo Galego Luar na Lubre

A propósito lembrei-me desta interpretação de Tu Gitana de Zeca Afonso por este grupo galego Luar na Lubre. Aqui a voz é da portuguesa Sara Vidal. que se juntou ao grupo em 2005.






Cristina Pato - Loito no mar

Soas: Um lançamento a não perder...






















CRISTINA PATO & ROSA CEDRON "SOAS" PRESENTAN "MULLER"



CRISTINA PATO & ROSA CEDRON "SOAS" PRESENTAN "MULLER"
"Soas", é a combinación de dúas das artistas galegas máis internacionais do noso tempo: A pianista e gaiteira Cristina Pato e a cantante e violonchelista Rosa Cedrón. Ambas, están fortemente vencelladas coa música galega e ambas teñen en común unha sólida e académica carreira clásica. A idea de mesturar a música tradicional galega coa música clásica é a orixe do proxecto "SOAS"

Feminidade, sensu alidade, amor e paixón son os tema principais do seu primeiro traballo xuntas: MULLER, é o título desta sorprendente produción.

Para Muller, Cristina e Rosa seleccionaron algunhas das cancións tradicionais galegas máis significativas: María Soliña, Unha noite na eira do trigo, Heicho de dar e arranxáronnas para voz, piano e orquestra. Tamén incluíron as súas propias composicións nun disco que combina dúas partes de sensibilidades complementarias: Soas, piano e voz e Soas, coa Bratislava Symphony Orchestra, interpretando os arranxos que veñen da man do compositor galego Octavio Vázquez.

A cálida e tranquila atmósfera do álbum e o impecable estilo destas dúas marabillosas artistas fan de Muller, una referencia histórica na música galega.

Á VENDA O 22 DE NOVEMBRO.
PRESENTACION & Aacute; MEDIOS
Mércores 24 de Novembre 12:30 horas
C GAG Centro Galego de Arte Contemporánea
Santiago de Compostela

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Merci Satan!

Prémio Dardos

 «O Prémio Dardos é o reconhecimento dos ideais que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc... que em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, e suas palavras. Esses selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar o carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web».
Recebi esta distinção do Rogério Pereira da "Conversa Avinagrada, o que muito me honra.
O Prémio Dardos tem as seguintes regras: Exibir a imagem do Selo no blogue; Revelar o link do blogue que me atribuiu o Prémio; Escolher 10, 15 ou 30 blogues para premiar.


Assim escolhi alguns blogues que frequento e que considero merecedor de tal insígnia,mas corro o risco de me esquecer de algum...

http://revistaantigaportuguesa.blogspot.com/
http://santossantinhos.blogspot.com/
http://cronicasdorochedo.blogspot.com/
http://peroladecultura.blogspot.com/
http://bulimunda.wordpress.com/
http://correntes.blogs.sapo.pt/
http://coisas-da-fonte.blogspot.com/
http://reidosleittoes.blogspot.com/
http://pauparatodaaobra.blogs.sapo.pt/
http://doce-ou-travessura.blogspot.com/
http://antero.wordpress.com/
http://madeinportugal560.blogspot.com/
http://pauparatodaaobra.blogspot.com/
http://legoergosum.blogspot.com/
http://biclaranja.blogs.sapo.pt/
http://marialuisamoreira.blogspot.com/
http://pimpmyportugal.blogspot.com/
http://ruinarte.blogspot.com/

Reformados e pensionistas: Eduardo Catroga

9693 euros










“Tenho uma carreira de vinte anos como funcionário público e de quarenta como funcionário privado”
“Fiz em paralelo as duas carreiras e agora, por questões de simplicidade e por ser mais prático, as duas pensões são unificadas numa única prestação”
Eduardo Catroga, apesar de reformado, continua a ser presidente da empresa Sapec, administrador não-executivo da Nutrinveste e do Banco Finantia e membro do Conselho Geral e de Supervisão da EDP.
Catroga, que se tornou conhecido como quadro relevante do grupo Mello, foi ministro das Finanças do terceiro Governo de Cavaco Silva, entre Dezembro de 1993 e Outubro de 1995.  Destacou-se então como um dos maiores privatizadores dos governos de Cavaco Silva: foi nesse período que o BPA (Banco Português do Atlântico) foi entregue ao BCP.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Encavar Portugal

Parecer diz que redução de salários é inconstitucional - Sol







 
A redução de salários dos trabalhadores da Administração Pública viola artigos da Constituição, do Código de Trabalho e da lei 12/A de 2008. As conclusões são de um parecer de Garcia Pereira, pedido por um grupo de professores, liderado pelo bloguista Paulo Guinote.«Perante isto, qualquer trabalhador da Função Pública pode impugnar em tribunal a sua redução salarial», afirmou ao SOL Paulo Guinote, que recebeu esta quarta-feira as notas preliminares do parecer jurídico, que afirma de forma clara que «o Estado não pode reduzir vencimentos de forma unilateral».
Guinote - que promete divulgar o parecer no blogue A Educação do Meu Umbigo, durante esta quinta-feira - assegura que «há jurisprudência do Tribunal Constitucional» que apoia a teoria defendida no parecer pelo advogado Garcia Pereira.
Segundo as notas preliminares do parecer, o Código de Trabalho determina que « é proibido à entidade empregadora pública (.) baixar a remuneração do trabalhador, excepto nos casos especialmente previstos neste Código , sendo certo que em parte alguma do mesmo se prevê a hipótese de abaixamento unilateral e generalizado das remunerações dos trabalhadores da Administração Pública».
Garcia Pereira escreve mesmo que o Governo não poderá invocar «interesse público» ou «necessidade especial de compressão de custos», já que essas não são razões previstas no Código de Trabalho para um corte salarial.
Apesar de o pedido de parecer ter sido feito por um grupo de professores, Paulo Guinote sublinha que não se trata «de uma questão corporativa, mas sim de Estado de Direito», pelo que as perguntas feitas «não dizem respeito apenas aos docentes».
Guinote explica que o trabalho de Garcia Pereira será pago com o remanescente de um fundo recolhido há meses, quando o mesmo grupo de professores contactou o jurista no sentido de perceber a legalidade de alguns pontos do Estatuto da Carreira Docente e da Avaliação do Desempenho propostos por Maria de Lurdes Rodrigues.
«Não foi preciso fazer nova recolha de fundos, porque ainda havia algum dinheiro aberto na conta que foi aberta por essa altura», comenta o professor.
margarida.davim@sol.pt

Será que nos podem roubar parte do salário?

A ler na educação do meu umbigo

Nina..









ANOVIS ANOPHELIS: Pacote armadilhado chega também a Portugal






ANOVIS ANOPHELIS: Pacote armadilhado chega também a Portugal

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Undercover Man

Deja vu

socrates vai fazer mais um esforço.

Um esforço para o buraco dos 500 milhões

Manuel Alegre não toma partido sobre greve geral - Sol



Manuel Alegre não toma partido sobre greve geral - Sol








O candidato presidencial Manuel Alegre escusou-se hoje a indicar se apoia a greve geral convocada para o final deste mês, considerando não caber a um candidato à Presidência da República «apoiar ou não apoiar» a paralisação.
«Não tenho que apoiar ou não apoiar. Eu sou um candidato à Presidência da República, que está nestas eleições (.) com um sentido de responsabilidade. Não cabe a um candidato à Presidência da República estar a fazer ou não apelos à greve», disse, no final de uma audiência com a direcção da CGTP.
De resto, Manuel Alegre especificou que o encontro com o líder da CGTP, Carvalho da Silva, e outros membros da direcção da Intersindical - que se repetirá à tarde com a UGT - tem apenas como significado a importância que atribui ao «diálogo com os sindicatos».
«O facto de eu estar aqui tem um significado, tal como o facto de ir estar com a UGT tem um significado (.) é um diálogo importante que se mantenha entre os responsáveis políticos e uma central sindical tão importante como é a CGTP», afirmou.
Acompanhado pela sua mandatária nacional, Maria de Belém, e por apoiantes como Paulo Sucena, o candidato presidencial adiantou que a greve geral de 24 de Novembro foi tema da reunião.
«Foi-nos dito que [a greve] tem essa perspectiva de futuro, de um alerta à sociedade, de um despertar, e visa sobretudo dar a sua contribuição para a resolução dos problemas», relatou.

Ganda Orçamento de estado!

aguaviva

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Deixem de fumar! (gamado...do blogue dos marretas)

Sunday Morning?

Heat

Soft










Tanta gente “preocupada” com a despesa e ninguém se lembra dos pensionistas milionários?

Tanta gente “preocupada” com a despesa e ninguém se lembra dos pensionistas milionários?

Já tenho que chegue...

Atenção aos carteiristas!

Atenção: Estes são menos perigosos que o ps. Roubam menos.

1 de Novembro de 1755...



1 de Novembro de 1755...uma lembrança
1 de Novembro de 2010....uma desgraça.