demissão

demissão

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Reformados e pensionistas: Eduardo Catroga

9693 euros










“Tenho uma carreira de vinte anos como funcionário público e de quarenta como funcionário privado”
“Fiz em paralelo as duas carreiras e agora, por questões de simplicidade e por ser mais prático, as duas pensões são unificadas numa única prestação”
Eduardo Catroga, apesar de reformado, continua a ser presidente da empresa Sapec, administrador não-executivo da Nutrinveste e do Banco Finantia e membro do Conselho Geral e de Supervisão da EDP.
Catroga, que se tornou conhecido como quadro relevante do grupo Mello, foi ministro das Finanças do terceiro Governo de Cavaco Silva, entre Dezembro de 1993 e Outubro de 1995.  Destacou-se então como um dos maiores privatizadores dos governos de Cavaco Silva: foi nesse período que o BPA (Banco Português do Atlântico) foi entregue ao BCP.

2 comentários:

Rui da Bica disse...

Meu caro amigo, de quem é a culpa ? ... Quem nos encaminhou noutras direcções que não a da política ?
Se tivéssemos sido políticos não nos estavamos a queixar agora ! :)))
.

donatien alphonse françois disse...

Nós estamos atrasados para entrar na vida politica...
No meu tempo de liceu há mais de 40 anos já havia quem começasse a trilhar esse caminho...Alguns deles "andem" aí...