demissão

demissão

sábado, 8 de março de 2014

Morrer de Amor - Poema de Maria Teresa Horta

Morrer de Amor

 Morrer de amor 
 ao pé da tua boca 

 Desfalecer 
 à pele 
 do sorriso 

Sufocar de prazer
com o teu corpo 

Trocar tudo por ti
se for preciso 

 Maria Teresa Horta, in “Destino”

Sem comentários: