segunda-feira, 30 de maio de 2011

Porquê pagar uma dívida que não é nossa?

2 comentários:

Rogério Pereira disse...

Eu olho com simpatia estes movimentos. Por enquanto, ainda acredito que o voto é uma solução... a seguir, caso não der... quem sabe?

donatien disse...

Pois,Rogério, lã vamos pelo tal voto que lhe não é útil...Mas agora prepara-se o regresso à barbárie...