segunda-feira, 1 de março de 2010

ME ILEGAL...Que outra coisa se esperaria?


Não sei a quem pagaram...

Ministério da Educação pagou salários ilegais

Ministério da Educação pagou salários ilegais
Gabinete assumiu encargo de 5,1 milhões de euros com professores colocados fora da casa. Tribunal de Contas diz que é ilegal

Entre 2006 e 2008, o período analisado pelo relatório, o ministério então liderado por Maria de Lurdes Rodrigues gastou 5,1 milhões de euros com os vencimentos de 164 docentes. Esta verba devia ter sido assumida pelos serviços de destino. Por mês, cada um desses professores custou, em média, 2.230 euros.O Ministério da Educação assumiu, «desde longa data», despesas ilegais com os salários de milhares de professores requisitados por entidades privadas e institutos públicos, segundo uma auditoria do Tribunal de Contas (TC) disponibilizada já em 2010, noticia o «Correio da Manhã».
Ainda de acordo com o mesmo jornal, a conclusão do TC não deixa dúvidas: «A despesa (..) é ilegal, sendo também ilegais os respectivos pagamentos». 

2 comentários:

alebana disse...

E só agora é que deram conta?
Andam a dormir!
Pelo amor de Deus, Donatien, não tornes o colocar a foto desta m****!!!
É assustador!

donatien alphonse françois disse...

A prenda vinha agarrada...