demissão

demissão

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Auschwitz, 65 anos, o fim de um horror.

























Sobreviventes de Auschwitz, veteranos do exército 
soviético e dirigentes políticos como o primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu participam nesta quarta-feira da comemoração da libertação deste campo de concentração e extermínio nazi há 65 anos.


Mais de 1,1 milhão de homens, mulheres e crianças, entre os quais um milhão de judeus em toda a Europa, morreram no campo de Auschwitz, instalado em 1940 na Polónia ocupada e libertado em 27 de janeiro de 1945 pelo exército soviético.
O dia de hoje foi designado o Dia Internacional de Comemoração das Vítimas do Holocausto pelas Nações Unidas em 2005.

Sem comentários: